Vale a pena comprar o iPhone SE 2020? Confira nossa análise.

Em abril de 2020 foi lançado o novo iPhone SE, modelo mais acessível da Apple. Confira o artigo para saber as principais características que fazem dele um celular bom, bonito e "mais barato".
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Consumidores do mundo todo se animaram ao ouvir Tim Cook, CEO da maçã de 1 trilhão de dólares usar as palavras “iPhone e barato” ao conceder uma entrevista:

“O novo iPhone SE está equipado com o mecanismo dos nossos telefones de primeira linha a um preço muito baixo”, destacou Tim, que ainda acrescentou que o smartphone é mais rápido que os Androids mais rápidos. Custando a partir de US$ 399 nos EUA, esse é o iPhone mais barato já lançado pela Apple.

O iPhone SE 2020 chegou oficialmente ao Brasil no final de abril e já pode ser encontrado nas cores cinza espacial, prata e PRODUCT-RED (vermelho) a partir de R$ 3.699,00 na versão com 64GB. Em sua página oficial, a Apple reitera que até 30 de setembro, 100% da receita elegível da venda de cada (PRODUCT)RED será repassado para a iniciativa de combate à COVID-19 do Fundo Global. Além disso, a RED.org mantém programas de combate ao HIV/AIDS na África Subsaariana. (Se quiser ajudar, opte pelo vermelho!) 

Em meio às notícias acerca da semelhança entre o iPhone 8 e o novo iPhone SE 2020, decidimos explicar as diferenças entre eles lá no nosso Instagram. Se você ainda não viu, corre lá e não esqueça de seguir a gente, ok? 

Polêmicas à parte, o iPhone SE 2020 é a junção da carcaça do 8 com o processador e câmera do 11, e fim de papo.

O novo iPhone SE está disponível nas versões com 64, 128 e 256GB.

Design

A primeira vista, um detalhe que chama a atenção no novo iPhone SE 2020 são as bordas grossas ao redor e nas extremidades do aparelho que chegou em um momento onde as fabricantes estão se preocupando em dedicar mais espaço ao display. Segundo a Apple, trata-se de um “smartphone poderoso em um design adorado”.

O novo iPhone SE conta com a certificação IP67, o que garante resistência contra poeira e água (30 minutos em até um metro de profundidade). Além disso, sua estrutura é de alumínio e a traseira em vidro possibilita o carregamento sem fio. (caso tenha um carregador wireless, vai funcionar!)

A segunda geração do iPhone SE marca o retorno do Touch ID e biometria com impressão digital no botão home. Ou seja, o modelo não possui o recurso Face ID com reconhecimento facial.

 Destaques

 
Sistema Operacional: O novo iPhone SE roda com o iOS13, a versão mais recente do sistema operacional da Apple e apresenta o modo noturno, um recurso que garante mais conforto à visão dos usuários em ambientes com pouca luz. O iOS13 também promete carregar os aplicativos até duas vezes mais rápido de acordo com Craig Federighi, executivo da companhia.
 
Processador: O novo iPhone SE conta com 3GB de RAM e possui o mesmo chipset utilizado na linha 11, o Apple Bionic A13. Segundo a própria Apple, a CPU, sozinha, possui capacidade de 1 trilhão de operações por segundo. Para se ter uma ideia, segundo um teste realizado pelo site AnandTech, o Bionic A13 atropelou as rivais Qualcomm e Samsung e bateu até processadores de ponta como o Core i9 9900K e Ryzen 9 3900X da Intel e AMD. Isto é, o desempenho do novo iPhone SE se mostrou equivalente ou até mesmo superior ao de alguns PCs.
 
eSIM: O novo iPhone SE é dual-SIM, mas possui espaço para apenas um chip físico, pois o outro é virtual, o eSIM. Essa tecnologia permite que a linha seja configurada de forma remota e instantânea. O eSIM suporta múltiplas contas. Isso significa que você pode ter mais de uma operadora funcionando em um único chip virtual.
 
 
Câmera: Segundo a Apple, o aparelho conta com o melhor sistema de câmera única em um iPhone. Com uma lente de 12 megapixels o novo iPhone SE conta com a ajuda do processador Bionic A13 e machine learning para oferecer mais benefícios de fotografia computacional. Além disso, o modo retrato (recurso capaz de desfocar o fundo da fotografia) está disponível nas câmeras frontal e traseira². Em suma, o conjunto fotográfico do novo iPhone SE conta com recursos inteligentes para criar imagens mais naturais.
 

Vale a Pena?

 
Com 4,7 polegadas IPS LCD e resolução Retina HD a tela do novo iPhone SE 2020 não impressiona e entrega bem menos que modelos da mesma faixa de preço das outras fabricantes. Ainda assim, o smartphone conta com um processador parrudo e tanta performance ao executar as aplicações com mais fluidez resulta diretamente na eficiência de energia, mantendo você longe das tomadas por mais tempo.
 
Tudo leva a crer que o novo iPhone SE vai acompanhar a trajetória de sucesso do XR, o “bom & acessível” lançado em 2018 que acabou se tornando o smartphone mais vendido de 2019. 
 
Com tantos aspectos positivos, o novo iPhone SE 2020 é uma ótima oportunidade para os consumidores que desejam migrar do Android para o iOS.
 
 

Komus. Seguro que vai e volta.

Somos um seguro de celular que devolve dinheiro quando você não precisa acionar. Proteção mensal, digital e sem franquia.