Controle Financeiro

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Controle, Financeiro, Gastos, Smartphone, Planejamento, Gastar, Emergência, Controle Financeiro

É muito comum as pessoas dizerem que não assinam com um seguro para seu smartphone porque é caro demais e nunca sobra dinheiro para isso no final do mês. Mas será que o seguro é tão caro assim ou nem percebemos com que gastamos e final do mês estamos “falidos”?

Pensando nisso, nós separamos aqui algumas dicas para que tenha um melhor controle financeiro durante o mês.

 Faça um planejamento mensal

Calma, não precisa se desanimar, pode parecer complicado mas não precisa ser.

Fazer um planejamento mensal pode ser mais fácil do que parece, você pode fazer no papel, usar um aplicativo ou até mesmo usar o excel. Você só precisa separar tudo que você gasta, como você gasta e quanto você ganha, para saber se cobre seus gastos, fácil não é?

Você usa mais seu cartão ou paga em dinheiro? Tem contas para pagar? Mora sozinho? Faz mais compras online ou presencialmente?

Todas essas questões ajudam e muito no momento de fazer seu planejamento e ter seu controle financeiro. Você consegue perceber onde está gastando mais, se é com bobeiras ou coisas essenciais e ir fechando esse gargalo.

Separe tudo com que você gasta

Separar seu gastos essencial para saber com que exatamente você está gastando, é como uma continha de subtração bem grande com algumas anotações por cima e ajustes ao final de todo mês. Você pode separar por colunas, grupos, separar detalhadamente ou colocar direto, como exemplo: Despesas, Alimentação, Dívidas e Mimos.

Pode usar dados de cobranças de cartão de crédito, fotos de recibos e até seu extrato bancário para ter certeza que pegou tudo.

Depois de separar tudo, você consegue ver onde você está gastando mais e como você pode mudar isso. E para saber exatamente o quanto gasto ao mês, você pode somar e então consegue ter uma visão do total, e se os gastos estão ao seu alcance.

O que nos leva a próxima dica.

Gaste apenas 80% do que você ganha

Essa é uma dica de ouro. Quando vamos gastar, nós o fazemos porque sabemos que vamos conseguir pagar, claro. Mas ao gastar, nós pensamos no total que recebemos, e isso que pode estar nos matando. 

Por exemplo: se você recebe $1.500 de renda, normalmente gastamos tudo, e como ainda não separamos com que gastamos, não sabemos para onde vai todo esse dinheiro, o que nos deixa sem nada ao fim do mês.

Não se pode gastar esses $1.500 todo mês, mesmo que você saiba que vai conseguir pagar, porque é isso que te deixa sem dinheiro.

O certo é você já deixar separado com o que você vai gastar, como uma reeducação financeira. Como exemplo, 30% para despesas, 30% alimentação, 20% dívidas, 10% para mimos, e também é muito importante separar 10% da sua renda para emergências. Claro, a porcentagem vai de acordo com a necessidade de cada um e com quanto você precisa de acordo com o que já foi separado sobre os gastos, mas sempre deixe separado um pouco para emergências.

Porque sendo assim, ao final do mês, se acontecer alguma coisa e você gastar mais do que necessário e esquecer de alguma dívida, ou finalmente decidir assegurar seu smartphone conosco, você já tem esse dinheiro guardado e pode usar sem a preocupação de afetar os outros gastos.

Komus. Seguro que vai e volta.

Somos um seguro de celular que devolve dinheiro quando você não precisa acionar. Proteção mensal, digital e sem franquia.